Pesquisador: Bruno Silva

Bio

Docente do Ensino Superior na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Possui graduação em História pela Universidade Federal Fluminense (2007), com ênfase em História do Brasil Império. Mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense com o tema: “Negros, Índios e Mestiços nas Crônicas de Pernambuco e São Paulo Setecentistas” (2011), abordando assuntos como: “Identidades Coloniais”, Genealogias, Pensamento Ilustrado no Mundo Luso e Participação de Negros, Índios e Mestiços nos eventos abordados pelo croniciado Luso-brasileiro setecentista. Doutor em História Social pela Universidade Federal Fluminense com a tese: “Inventários do Homem Americano: viagens, teorias e composição das raças nos séculos XVII e XVIII”, sob orientação de Ronald Raminelli. Atuando também, como Pesquisador Associado no Departamento de História da Universidade do Texas, em Austin, nos Estados Unidos da América, entre dezembro de 2012 e maio de 2013, onde realizou pesquisas no âmbito da História da América Colonial (séculos XVII e XVIII) e Europa Moderna, com ênfase para os estudos realizados no acervo da Benson Latin American Collection, uma das maiores instituições do mundo dedicada ao estudo da América Latina, em todas as temporalidades, sob orientação de Jorge Canizares-Esguerra. Atualmente é filiado à Associação Nacional de Pesquisadores e Professores de História das Américas – ANPHLAC. Entre 2017 e 2019 foi Coordenador do Curso de História da UNIFESSPA/Xinguara. No momento, coordena o Programa de Pós-Graduação do campus de Xinguara, o PROFHISTORIA (Mestrado Profissional em História) e é líder do GEPAm (Grupo de Ensino e Pesquisas Americanistas) registrado no CNPq. Além de empreender pesquisas na área de circulação de indivíduos, bens e ideias entre a América e Oriente, do século XVI ao XVIII.

Projetos em andamento

  • Os relatos de viagens no século XVIII e o projeto de reconstrução da ideia de América e do homem americano: do nascimento de raça e racismo modernos

Palavras-chave

  • América Colonial, Identidades Coloniais, História Global, Séculos XVI-XVIII

Filiação Institucional

  • Professor da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Grupos de Pesquisa

  • GEPAm – Grupo de Ensino e Pesquisas Americanistas
  • TRAVESSIAS – Governança, Administração e Poder nas Américas (séculos XVI-XIX)
  • GReal – Gênero, Raça, Estudos Amazônicos e Linguagens

CV e Publicações

Contato e Páginas