Pesquisadora: Eliane Cristina Deckmann Fleck

Bio

Graduada e Mestre em História pela UNISINOS (1991) e Doutora em História pela PUCRS (1999). Professora titular da Graduação e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em História da UNISINOS. Pesquisadora do CNPq (PQ 2). Integra a Rede de investigadores da Sociedade Internacional de Estudos Jesuíticos (SIEJ), com sede na EHESS, Paris, a Associação de Brasilianistas na Europa (ABRE), a ANPHLAC, a SBHC e a ANPUH. Integra os Grupos de Pesquisa-CNPq “Jesuítas nas Américas” e “Imagens da Morte: a morte e o morrer no mundo ibero-americano”. Editora da Revista História Unisinos. Suas pesquisas enfocam a História da América e História do Brasil da Época Moderna, privilegiando os seguintes temas: missões religiosas; contatos interculturais; doenças e práticas de cura; viajantes e expedições científicas; cultura escrita e práticas de poder; discursos científicos e religiosos; historiografia colonial. Dentre suas principais publicações estão os livros “As artes de curar em um manuscrito jesuítico inédito do Setecentos” (2015) e “Entre a caridade e a ciência: a prática missionária e científica da Companhia de Jesus. América platina, séculos XVII e XVIII” (2014).

Projetos em andamento

  • Circulação e apropriação de saberes em obras manuscritas e impressas de Cirurgia na América meridional do Setecentos
    – Financiamento: Fapergs e CNPq
  • As artes de curar em dois manuscritos jesuíticos inéditos do século XVIII – Financiamento: Fapergs e CNPq
  • A natureza americana, por seus usos e percepções: Ciência e História em obras manuscritas e impressas de Botânica Médica e História Natural (América meridional, século XVIII) – Financiamento: CNPq

Palavras-chave

  • Circulação e Apropriação de Saberes, Obras Impressas e Manuscritas, Companhia de Jesus

Filiação Institucional

Grupos de Pesquisa

CV e Publicações

Contato e Páginas


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.