Pesquisadora: Beatriz Polidori Zechlinski

Bio

Beatriz Polidori Zechlinski é professora do Curso de História da PUCPR. Doutora em História pela UFPR (2012), tendo realizado estágio de doutorado na Ecole des Hautes Etudes en Scienses Sociales (EHESS, Paris, 2009-2010). Pesquisa principalmente nas áreas de História Moderna, História da Cultura Escrita e da Leitura, Estudos de Gênero e História das Mulheres, com interesse especial pela literatura de autoria feminina na Época Moderna.

Continuar a ler “Pesquisadora: Beatriz Polidori Zechlinski”

Pesquisador: João de Azevedo e Dias Duarte

Bio

Professor de História Moderna na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Bacharel em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004), mestre (2008) e doutor (2013) em História pelo programa de pós-graduação em História Social da Cultura da PUC-Rio. Foi pesquisador visitante na Brown University, em 2012, e bolsista de pós-doutorado PNPD/CAPES, entre 2013 e 2015. Atua nas áreas de História Moderna, História Intelectual, Teoria e História da Historiografia, e tem interesse nos seguintes temas: religião e política na Europa do início da Modernidade, iluminismos europeus; teoria e historiografia do Iluminismo no século XX; Romance e História no século XVIII.

Continuar a ler “Pesquisador: João de Azevedo e Dias Duarte”

Pesquisador: Luiz César de Sá

Bio

Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Luiz César de Sá é professor adjunto de teoria e filosofia da História, membro do Programa de Pós-Graduação em História e vice-chefe do Departamento de História da Universidade de Brasília. Realizou estágios de pesquisa na Universidade de Lisboa (2008-2009), na Princeton University (2013-2014) e na École des Hautes Études en Sciences Sociales (2015-2016). Tem se dedicado ao estudo de ontologias e práticas letradas de uma primeira época moderna. É autor de Escrever para não morrer: retórica da imortalidade no epistolário de Damião de Góis, publicado pela Imprensa da Universidade de Coimbra em 2018.

Continuar a ler “Pesquisador: Luiz César de Sá”

Pesquisadora: Silvia Liebel

Bio

Dedicada à história cultural da Primeira Modernidade, Silvia Liebel é professora adjunta de História Moderna da Universidade Federal de Minas Gerais, onde também atua no programa de pós-graduação em História, linha de pesquisa História e Culturas Políticas. Sua formação compreende passagem pela Université Paris 13, onde concluiu doutorado pleno (2011) sob a orientação de Robert Muchembled, e pela UFPR, onde cursou mestrado (2006) e graduação (2004). Seus interesses de pesquisa giram em torno de mundos do impresso, gênero, absolutismo, violência e Iluminismo radical, com ênfase no cenário francês. Lidera o grupo de pesquisa do CNPq “Cultura impressa na Europa moderna (séculos XVI-XVIII)” e é editora-chefe da revista Varia Historia. É autora de Les Médées modernes. La cruauté féminine d’après les canards imprimés français (1574-1651) (PUR). Continuar a ler “Pesquisadora: Silvia Liebel”

Pesquisador: Daniel Pimenta Oliveira de Carvalho

Bio

Graduado em História e mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e doutor em Histoire et Civilisations pela École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Realiza pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em História Social da UFRJ. Trabalha com História de Portugal e da Europa no século XVII. Desenvolve pesquisas sobre: relações entre diplomacia e publicação na Europa; história política da cultura escrita e da imprensa; história da Restauração portuguesa.

Continuar a ler “Pesquisador: Daniel Pimenta Oliveira de Carvalho”

Pesquisador: Philippe Delfino Sartin

Bio

Graduado e Mestre em História pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Doutor em História pela Universidade de São Paulo (USP). Possui experiência de pesquisa nos seguintes temas, relacionados a Portugal (séculos XVII e XVIII): literatura de espiritualidade, Inquisição, possessão demoníaca, exorcismos, bruxaria, demonologia. Interessa-se pelo estudo da História das Religiões e pela Teoria da História, além de temas relacionados à História Cultural da Primeira Modernidade. Atualmente é professor substituto no Instituto Federal de Goiás (IFG), no curso de Licenciatura em História.

Continuar a ler “Pesquisador: Philippe Delfino Sartin”

Pesquisador: Daniel Gomes de Carvalho

Bio

Daniel Gomes de Carvalho é professor de História Moderna na Universidade de Brasília (Unb). Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo, seus trabalhos concentram-se na área de História Intelectual, mais especificamente no período da Era das Revoluções. Daniel é bastante ativo também na área de história pública, integrando o site Se Liga Nessa História, maior portal de ciências humanas do país.

Continuar a ler “Pesquisador: Daniel Gomes de Carvalho”

Pesquisador: André de Melo Araújo

Bio

Professor de História Moderna na Universidade de Brasília. Doutor pela Universidade de Witten/Herdecke (Alemanha), graduado e mestre em História pela Universidade de São Paulo. Foi professor visitante nos programas de pós-graduação em História da Pontifícia Universidade Católica do Chile (2017) e da Universidade Federal Fluminense (2018). Foi junior fellow do Instituto de Estudos Avançados em Humanidades (KWI, Essen) e pesquisador visitante da Herzog August Bibliothek em Wolfenbüttel (Alemanha). É bolsista de produtividade do CNPq e um dos líderes do grupo de pesquisa “Metamorphose – Materialidade e Interpretação de Manuscritos e Impressos da Época Moderna”.

Continuar a ler “Pesquisador: André de Melo Araújo”

Pesquisador: Rui Luis Rodrigues

Rui Luis Rodrigues (Unicamp)

Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo, Rui Luis Rodrigues é Professor de História Moderna no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (IFCH/Unicamp). Sua pesquisa de doutoramento girou em torno das apropriações do humanismo erasmiano no contexto dos embates entre “ortodoxia” e “heterodoxia” durante as reformas religiosas do século XVI. Atualmente, dedica-se a uma investigação sobre a difusão de imaginários apocalípticos nas sociedades europeias durante a primeira modernidade, com vistas a avaliar os impactos desses imaginários sobre as linguagens e as práticas políticas

Pesquisadora: Marília de Azambuja Ribeiro Machel

Bio

Graduada em Letras (1998) e Mestre em História (2001) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Doutora em História (2006) pela Università degli Studi di Firenze. Foi visiting researcher no Centro de Humanidades (CHAM) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2013). Atualmente é Professora de História Moderna da Universidade Federal do Pernambuco (UFPE) e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em História da mesma Universidade (PPGH-UFPE). Membro fundador da rede H_Moderna. Trabalha com História de Portugal nos séculos XVII e XVIII. Desenvolve pesquisas sobre: relações diplomáticas no espaço europeu; propaganda política no Antigo Regime; relações entre publicística e política. Continuar a ler “Pesquisadora: Marília de Azambuja Ribeiro Machel”